domingo, 9 de julho de 2017

Pixar - Intro


“Onde a História é Rei” - Lema

Originalmente criada como uma subsidiaria da Lucasfilm chamada The Lucasfilm Graphic Group em 1979, a Pixar Animation Studios foi fundada em 1986 por 3 pessoas, apaixonadas por computação e informática: O criador da Apple, Steve Jobs, o ex-animador da Walt Disney Animation Studios, John Lasseter, e o engenheiro de softwares, Edwin Catmull.


Os Fundadores: (da esq. para dir.) Edwin Catmull, Steve Jobs e John Lasseter.

O que começou como uma pequena empresa independente que a intenção original era vender produtos de informática, 31 anos depois, se tornou num dos estúdios de animação mais icónicos da história do cinema ao criarem a 1º curta-metragem feita em computador, “Luxo Jr.” (1986), e 9 anos depois, a 1º longa-metragem animada por computador, “Toy Story – Os Rivais” (1995).

Em 1991, fizeram um acordo com a Disney para esta distribuir os longa-metragens que ia começar a produzir. Mas após algumas divergências criativas com o executivo da Disney na altura, Michael Eisner, o estúdio foi comprado pela Disney nas mãos do novo executivo Bob Iger que deixou-os fazer os filmes tal como sempre fizera.

Nos anos 90 e na década de 2000, o estúdio demonstrou o talento que tem a criar histórias inteligentes, engraçadas e comoventes capazes de agradar famílias, com uma parte técnica impecável e easter eggs engraçados que metem escondidos nos filmes. Mas desde 2011, vários fás têm notado uma suposta crise criativa no que toca a histórias. Mas o estúdio tem demonstrado que consegue dar a volta por cima (varias vezes).

Neste més, estreia o seu mais recente filme, “Carros 3”. Como fá do estúdio que eu sou, irei fazer um especial de 3 partes em que vou fazer uma lista sobre as curtas originais e os longa-metragens do estúdio. As 3 partes irão ser lançadas em 3 dias: hoje tem a intro, amanhã irá ter a lista das curta-metragens originais, e depois de amanhã, a lista das longa-metragens.

Convém lembrar que não vou fazer estas listas por ordem de preferência porque não gosto de fazer estas listas por ordem de preferências, por isso vou faze-las por ordem em que foram lançadas, tal como fiz das longas do Hayao Miyazaki (mas acho que algum de vocês sabe qual é a longa da Pixar que está sempre no fundo das listas por ordem de preferências, cuja nova aventura estreia este més).

Agora chegava a altura de dizer uma frase icónica de um filme da Pixar, mas vou dizer só boa sorte e não percam as 2 partes que vem a seguir.

© Pixar.

Sem comentários :