quinta-feira, 1 de junho de 2017

Filmes para todas as idades aconselháveis para as crianças


Olá, pessoal. Feliz Dia da Criança para quem é e já foi uma criança. O que vou mostrar é uma lista que criei, para esta ocasião (também porque adoro crianças), de óptimas opções de filmes para toda a família para os vossos filhos verem. Claro que tem alguns que as crianças já viram, mas também tem filmes que eles não conheciam (e provavelmente, vocês também não).

Portanto preparem-se para ficarem nostálgicos e curiosos com os filmes para todas as idades que eu aconselho vivamente os mais novos a ver.

Disney:
  • O Rei Leão (1994). É obrigatório para quem é, começou ou quer ser fá da Disney.
  • Os curtas e longas da Pixar Animation Studios. Para além de terem criado a animação por computador, os curtas e longas deste estúdio conseguem trazer ótimas lições para todas as idades.

Animação:
  • Shrek (2001).
  • Spirit – Espirito Selvagem (2002).
  • O Meu Vizinho Totoro (1988), Kiki, a Aprendiz de Feiticeira (1989) e Ponyo á Beira-Mar (2008). São obrigatórios por serem os únicos filmes para todas as idades feitos por um dos grandes mestres da animação japonesa, Hayao Miyazaki.
  • A Canção do Mar (2014).
  • Snoopy e Charlie Brown: Peanuts o Filme (2015).
  • O Principezinho (2015).

Imagem Real:
  • E.T. – O Extraterrestre (1982).
  • Trilogia Regresso ao Futuro (1985, 1989, 1990).
  • Casper (1995).
  • Libertem o Willy (1993).
  • Um Porquinho chamado Babe (1995) (Não me responsabilizo se alguém ficar vegetariano depois de ver este filme.).
  • Artur e os Minimeus (2006).
  • Á Noite no Museu (2006).

Menções honrosas (os filmes mencionados que não vi, vocês também podem mostrar ás crianças):
  • Matilda, A Espalha-Brasas (1996) e Charlie e a Fabrica de Chocolate (2005), ambos baseados nos livros infantis escritos por Roal Dahl (Ainda não vi “Willy Wonka e a Fabrica de Chocolate”, (1971), com o falecido Gene Wilder, “O Fantástico Sr. Fox”, (2009), de Wes Anderson, e “O Amigo Gigante”, (2016), de Steven Spielberg);
  • “O Pequeno Stuart Little”, (1999) e “A Teia da Carlota”, (2006), ambos baseados nos livros infantis escritos por E.B. White;
  • “O Grinch”, (2000) (mas mais para o Natal), “Horton e O Mundo dos Quem”, (2008), e “O Lorax”, (2012), baseados nos livros infantis escritos por Theodore Geisel, mais conhecido por Dr. Seuss;
  • “O Polar Express”, (2004), (mas mais para o Natal) e “Zathura” (2005), baseados nos livros infantis escritos por Chris Van Alsburg (Por incrível que pareça, ainda não vi por completo “Jumanji”, 1995, com o falecido Robin Williams).

Gostam das minhas opções? Escrevam nos comentários.

Sem comentários :